Esfiha Integral

Sou daquelas que adora inventar receitas com sobrinhas, dificilmente faço compras específicas para cozinhar algo, o mais comum é verificar o que tem disponível na geladeira e armários e bolar algo (geralmente inédito).

A última “sobrinha” que virou algo delicioso foi um refogado de berinjela. Seu destino era ser recheio de coxinha, mas ficou muito molinho e não rolou. Então, no dia seguinte o, ainda mais, delicioso refogado se tornou uma gostosa esfiha!

A receita é a adaptação da famosa esfiha vendia a centavos por um tal fast-food. Segue ela:

Esfiha Integral

Massa:

  • 750g de farinha de trigo
  • 320g de farinha de trigo integral (já usei centeio e também ficou bom)
  • 13g de açúcar (pode ser refinado, demerara, mascavo, e acho até que mel e melado devem ficar ótimos)
  • 105ml de óleo (uso de girassol)
  • 540ml de água
  • 10g de sal
  • 13g de fermento biológico seco ou instantâneo (ou 39g de fermento biológico fresco)
  • Farinha de fubá para polvilhar na hora modelagem

Recheio:

  • Opções: refogado de berinjela, ricota com ervas, cenoura ralada com curry, brócolis com castanhas, quatro queijos…
  • Queijo provolone e prato ralados.

Modo de Preparo

1. No multi-processador colocar a farinha de trigo, o fermento e o açúcar. Pode ser feita também em Panificadora Caseira, neste caso, seguir modo de preparo padrão do seu modelo.

2. Adicionar o óleo, água (aos poucos) e por último, o sal. Deixar bater até a massa ficar homogênea.

3. Sovar a massa sobre a mesa por alguns minutos.

4. Agora é preciso dividir a massa: dividir a massa ao meio, fazer um rolo (deslizando a tira de massa sobre a mesa), corte em pedaços tendo como medida 3 dedos (60 gramas).

5. Pegue cada pedaço e modele bolinhas.

6. O PULO-DO-GATO: peneire a farinha de milho numa forma grande ou na mesa e vá colocando as bolinhas aí. A farinha de milho não vai deixar que as bolinhas grudem e dará um sabor todo especial.

7. Usando as mãos achatar as bolinhas para dar forma às esfihas, modelando as bordinhas mais altas. Colocar uma porção de queijo ralado para ajudar a firmar a parte central da esfiha para receber o recheio. (Pré-aquecer o forno a 180 graus)

IMG_20140728_181241053

8. Coloque o recheio de sua preferência. Lembre de deixar a bordinha de massa sem recheio, para ficar com o acabamento bonito.

9. Colocar as esfihas numa assadeira untada e assar até que fique com as bordinhas douradas.

Dicas gerais:

– A massa é bem consistente, se notar que está mole colocar mais um pouco de farinha de trigo.

– Em dias frios, enquanto estiver manipulando a massa para fazer os discos, deixe um pano úmido sobre a massa não utilizada.

– Fica ótimo acrescentar na massa um pouco de fibra de trigo.

– Cobertura de gergelim, orégano, páprica picante dão um acabamento e sabor ainda mais especial.

IMG_20140728_183436235

Anúncios

Domingo é dia de panqueca!

Domingo é dia de acordar mais tarde, tomar um café da manhã com calma e se preparar para um belo dia de preguiça… Adoro fazer panquecas fofinhas nestes dias, pois é rápido e não precisa de liquidificador (que faz um barulho tremendo, o que não é bem vindo domingo pela manhã) e, claro, porque é gostoso demais!

Hoje fiz uma panqueca fofinha com banana na massa, ficou uma delícia! Veja como é tranquilo preparar:
panqueca-banana

Panquecas de Banana com Baunilha

Ingredientes:
2 bananas maduras
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento químico
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de açúcar mascavo
1 ovo
1/3 de xícara de leite (usei iogurte natural)
1 colher (sopa) de manteiga derretida

Preparo:

  1. Amasse as bananas com a baunilha.
  2. Peneire a farinha, o fermento, o bicarbonato em uma tigela e junte o açúcar.
  3. Para uma massa homogênea, bata o ovo com o leite (ou o iogurte) e a manteiga derretida e junte, batendo, a mistura seca. Adicione o purê de banana.
  4. Aqueça uma frigideira ou chapa e unte com papel toalha dobrado umedecido com óleo. Coloque colheradas grandes de massa, espaçando-as bem. Frite por cerca de 2 minutos, três ou quatro panquecas por vez, até que apareçam bolhas na superfície e a parte inferior dourar. Vire a panqueca com uma espátula e frite por mais 1 ou 2 minutos.
  5. Servir com o acompanhamento que preferir: mel, doce de leite, geleia… e claro um café fresquinho.

A receita está no livro Brunches para todos os gostos. Bem ilustrado e com receitas ótimas! Recomendo mesmo.

Uma semana doce, cheia de paz e realizações.

Domingo é dia de fazer Cuca!

Quem não gosta de um cafezinho com aquela cuca de farofa crocante na tarde de um domingo chuvoso?!

A mãe me passou uma receita de cuca bem prática, nem precisa de batedeira e num minutinho está pronta para ir ao forno!

Cuca Fácil de Banana com Farofa Crocante

1) Pré-aquecer o forno a 200 graus e untar um tabuleiro pequeno (20x30cm).

2) Farofa Crocante:
1 xícara de açúcar
1 1/2 xícara de farinha de trigo
2 colheres de sopa de margarina ou manteiga
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de chá de essência de baunilha ou açúcar de baunilha
Canela em pó a gosto
> Outras sugestões: acrescentar 1/2 xícara de aveia ou granola, coco ralado, pedaços de goiabada, castanhas…

Misturar todos os ingredientes secos primeiro e depois acrescentar a margarina e o óleo misturando com as pontas dos dedos ou um garfo. Deixar bolinhas de manteiga não muito amassadas, isto vai tornar mais crocante. Reservar a farofa.

3) Massa Fofinha
1 ovo
1 colher de sopa de margarina ou manteiga
1 colher de sopa de óleo
1 xícara de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo (peneirado)
1/2 xícara de leite
1 colher de sopa de fermento químico (já misturar no trigo)
1 pitada de sal

– Misturar o ovo com o óleo e a margarina, até formar um creminho.
– Acrescentar o açúcar.
– Aos poucos agregar o trigo peneirado já com o fermento e o leite.
– Por último o sal.
– Colocar a massa no tabuleiro.

4) Sabor da Cuca
Eu fiz de banana, cortada em fatias não muito finas nem muito grossas. A banana caturra fica bem saborosa e macia, já a banana branca ou prata fica mais sequinha. Caso não goste ou não tenha banana, pode fazer com outra fruta ou até pular esta parte e colocar direto a farofa.

5) Cobrir com a farofa reservada e assar por mais ou menos 25 min ou até a farofa dourar e o bolo estiver assado. Na dúvida é só fazer o teste do palitinho, enfiar um palito bem no meio da cuca, se viver sequinho está pronta!

Agora é só fazer um cafezinho e aproveitar. Eu adoro comer ainda quente!!!

Receita "rápida e rasteira", em poucos minutos você prepara essa delícia para o café!

Receita para um tabuleiro de 30x20cm. A banana pode ser substituída por fatias de maça, frutas cristalizadas, uvas passas, goiabada, castanhas... Invente sua combinação :)

A farofa ganha um sabor especial com aveia e coco radado.

Não amassar muito a farofa, para criar estas bolinhas de margarina que ficarão super crocantes!

Após assada... massa fofinha, banana molinha e doce, farofa crocante... e um aroma de final de domingo.

A hora do "sacrifício" :) nhack!

 

Até a próxima!!!

Doce abraço da Mari!

 

Anjinho Suíço – Rostie de Macarrão Instantâneo

Navegando no site de Receitas do Mais Você, procurando comidinhas diferentes… achei uma ótima ideia! O meu querido Miojo em versão de festa! Um Rostie ou Batata-Suíça feito com o lúdico e polêmico macarrão instantâneo.

Para fazer a receita você vai precisar de uma omeleteira, é aquela frigideira com duas partes que se encaixam, para virar o omelete sem manobras radicais.

Os ingredientes para o Anjinho Suíço são os mais simples possíveis:

Anjinho Suíço
Rende uma unidade

Vai precisar de:
* 1 pacote de macarrão instantâneo
* 1 1/2 xícara de água

Opções de recheio:
* Pizza: queijo, tomate, orégano.
* Vegetariano: cenoura ralada, tomate, azeitona, queijo.
* Margerita light: ricota, tomate, manjericão.
> No recheio crie o “a moda da casa” vendo o que tem disponível na geladeira e armários e seja feliz!

Preparar é quase tão simples como a versão tradicional do macarrãozinho:
* Em um refratário alto quebrar a barra de macarrão instantâneo em pedaços pequenos, acrescentar uma xícara e meia de água (em temperatura ambiente) e o pacote de tempero do macarrão. Deixar hidratando até que a massa fique macia.
* Enquanto a massa hidrata você pode preparar o recheio, vendo o que tem na geladeira e picando os ingredientes.
* Escorrer o macarrão.
* Untar a omeleteira com azeite ou manteiga, colocar a metade da massa do macarrão forrando o fundo da omeleteira.
* Acrescentar o recheio. Colocar mais no meio para não vazar para os lados.
* Cobrir com a outra metade da massa do macarrão. Pode dar uma apertadinha com uma espátula.
* Deixar 5 min no fogo para cada lado.


Quem pode resistir a este macarrãozinho metido a besta e louco de bom! Crocante por fora, macio por dentro… Hummm Ótima pedida para as férias, volta da praia, ou para matar aquela vontade de comer um prato salgado sem muita dedicação e ingredientes especiais ;)

Se eu fosse você eu não deixava de fazer, é sucesso garantido!

Doce Abraço da Mari!

Receita original aqui!

Cheese Cake – Consegui!

Sábado passado fiz um o curso de “Montagem e decoração de tortas” no Centro Culinário Silvia Nicolau, e a receita que eu mais gostei foi a do Cheese Cake. A combinação de doce e salgado, queijo e geléia de frutas são uma tentação para mim!

Há tempos queria fazer esta torta, mas aquelas receitas com mil gramas de cream cheese (caríssimo) com gelatina sem sabor não atraiam muito… No curso a receita ensinada leva ricota e requeijão, achei muito interessante!! Fizemos a degustação no final do curso e adorei o sabor, suave e muito saboroso.

Cheese Cake com Geléia de Framboesa

CHEESE CAKE
Massa crocante, creme de queijos e geléia de frutas vermelhas

MASSA:

  • 200g de biscoito maizena
  • 50g de semente oleaginosa (opções: amêndoa, castanha-pará, catanha-de-cajú ou nozes) > usei castanha-do-pará
  • Manteiga (ou margarina) sem sal em temperatura ambiente > o quanto baste [usei um tablete de 200g de manteiga + 2 colheres de sopa de margarina]

Preparo:
1. Bata os biscoitos e a semente no liquidificador ou processador até formar uma farinha.
2. Transfira para uma tigela e adicione manteiga suficiente para obter uma massa maleável.
3. Forre uma forma (20cm) com papel alumínio e espalhe a massa no fundo (só no fundo, não nas laterais).
4. Reserve (enquanto prepara o recheio)
CREME DE QUEIJO:

  • 300g de ricota sem sal
  • 100g de requeijão
  • 1 lata de leite condensado
  • 4 gemas
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 4 claras em neve
  • Raspas de um limão ou laranja

Preparo:
1. Bata no liquidificador o requeijão, o leite condensado, as gemas, a ricota e o açúcar.
2. Transfira para uma tigela e junte as raspas de limão ou laranja e as claras em neve.

> Aplicar o recheio sobre a massa e leve ao forno médio, pré-aquecido até dourar.

COBERTURA:

  • 1 vidro de geléia de frutas vermelhas

> Cobrir com a geléia de frutas e colocar para gelar antes de servir.

Fonte: Centro Culinário Silvia Nicolau

Panquecas Fofinhas

No último aniversário ganhei dos meus sogrinhos um livro de Brunches: para todos os gostos da Sara Lewis e amei!!! Tem panquecas, crepes, omeletes, waffles, tortas e bebidas, uma locura de receitas para aqueles cafés da manhã de finais de semana, sem pressa, sem compromisso…

Comecei testando as receitas de panquecas e a que mais gostei até agora foi a “Panqueca Fofinha”, segue receita:

Ingredientes:
1/2 colher de sopa de manteiga
1 1/3 de xícara de chá de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento químico
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
3 colheres de sopa de açúcar cristal
1 ovo
3/4 de xícara de iogurte natural (é a mesma medida de um potinho)

Para servir:
Mel e Manteiga

Preparar a massa:
1. Derreta a manteiga em uma panela ou no microondas;
2. Misture os secos: peneira em uma tigela a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato, misture tudo;
3. Misture os molhados: bater ovo, iogurte e a manteiga;
4. Junte os ingredientes molhados com os secos até obter uma massa lisa.

Hora de colocar a massa na frigideira:
1. Aqueça uma frigideira antiaderente, unte com um pouco de óleo, retirar o excesso;
2. Coloque colheradas de massa na frigideira, bem separadas (a massa creeesce);
3. Frite até aparecerem bolhas na superfície, vire para fritar o outro lado;
4. Retire as panquecas da frigideira e coloque em um prato e mantenha-as aquecidas.

Servir as panquecas em uma pilha alta, cobertas com manteiga e mel.

Bom brunch para todos!

Brunch de Domingo

Domingo é o dia oficial da preguiça (pelo menos aqui em casa), e o soninho vai até mais tarde… Um café metido a almoço é sempre uma boa solução!

No cardápio um salgado para iniciar e uma sobremesa, para beber um suco de soja sabor laranja.

Sanduíche de Mortadela

Sanduíche de Mortadela

Como a fome tava grande foram dois destes para cada um.

Pão Integral (passei margarina e um pouco de azeite de oliva)
1 Fatia de Mortadela (podem me chamar de fresca, mas prefiro a sem gordura)
1/2 Fatia de Queijo Mussarela
Tomates em pedaços finos
Orégano para finalizar :)
> Só colocar no forno!

Ficou bem gostoso, com gostinho de salgado de padaria… acho que foi a mortadela.

Mas o melhor momento foi a sobremesa!


Chico Preguiçoso
(Releitura do Chico Balançado)

2 porções grandes

Feito camadas:

1ª Banana e Maça cortada em cubinhos com canela, colocar no microondas por 2 minutos. Foram 2 bananas prata e 1 maça média.
2ª Doce de Leite, 4 colheres de sopa (sem miséria!!)
3ª Merengue: 1 clara batida em neve + 3 colheres de sopa de açúcar
Canela em cima para o Chico ficar charmoso ;) uns 10 min de forno ou até dar uma douradinha no merengue.

Sobremesa antes de ir para o forno

Depois de dourar

Para dar água na boca...

Tudo Junto e Misturado

O doce de leite derrete e se junta com as frutas!!! Muito bom!

Agora é aproveitar a tarde do domingo de sol.

Bjos!