Bem-Apaixonados para o Dia dos Namorados

Juntando algumas ideias, minhas e de amigas (queridas Jô e Caminha), criei kits de bem-apaixonados para o Dia dos Namorados.

O tradicional bem-casado ainda mais apaixonado :) Em formato exclusivo de coração S2 e com recheio charmozinho de doce de leite com geléia de amora com pimenta. Cobertura de fondant com risquinhos de chocolate ;)
Pessoal do trabalho, amigos e turminha do IFSC encomendaram e acho que vão agradar muitos os seus amadinhos ;)

As encomendas estão abertas pelo email: marianadasilva@gmail.com ;)

Bem-vividos, Bem-casados, Bem-nascidos… Em todas ocasiões um mimo docinho para os convidados cai muito bem ;)

Abraço doce da Mari (super apaixonada pelos bem-apaixonados)

Bem-amigos para evento beneficente

Ontem entreguei uma encomenda de 100 bem-amigos (mesma receita de bem-casados) para um evento beneficente.

Pude comprovar aquela máxima que diz que é na repetição que podemos chegar na perfeição :) Não que tenha chegado lá, mas a experiência de fazer vários produtos em série ajudou a aperfeiçoar técnicas e até gerou novas ideias para o processo de produção.

Seguem as fotos das etapas de produção, todas feitas com muito carinho :)

O evento é hoje! Um almoço com carreteiro! Vou lá contribuir com duas cestas-básicas e curtir o almoço!

Encomendas pelo email: marianadasilva@gmail.com ;)

Um doce domingo para todos!

Sugestão de Cardápio para Ceita de Natal

Há 4 anos os Natais da família tem sido aqui em casa!

Adoro a preparação da ceia, desde a escolha do cardápio, até as compras no supermercado, as preparações de véspera, a separação das louças… Gosto mesmo do pré-evento, e tento planejar bem para que tudo ocorra com tranquilidade. Afinal é um dia de celebração e não de trabalho ;)

Vou compartilhar o cardápio da primeira ceia que fizemos aqui em casa.

Nesta ceia de 2007 os acompanhamentos foram os tradicionais, como arroz a grega e farofa com frutas secas. Nos pratos principais, a tradicional ave assada dividiu as atenções com um salmão, também assado. Ficou muito leve e saboroso!

CEIA:
Arroz a grega
Farofa festiva (receita abaixo)
Salpicão vegetariano
Salada de folhas verdes
Salmão assado com brócolis
Ave assada

BEBIDAS:
Ponche de frutas
Espumante
Água com gás

SOBREMESA:
Panetone recheado com sorvete
____________________

Farofa Festiva


 

 

 

Continuar lendo

Noivar é fofo e merece comemoração S2

Fazer uma comidinha especial no sábado é sempre uma delícia, mas quando se tem uma inspiração mais nobre é muito melhor.

Meu amigão Wilson ficou noivo de uma moça querida chamada Fabíola, com todo esse clima fofo e romântico no ar fiz um jantar para comemorar este momento. Eu e Augusto bolamos o cardápio. Pensamos em comida italiana, sempre aconchegante e deliciosa. Rondelli, conchiglione, canelone… quantas opções… Mas o Augusto lembrou de uma “especialidade da casa”: pappardelle de panqueca :P Com a massa escolhida era hora de escolher o molho! Tudo combina muito bem com a massa de panqueca, molho ao sugo, funghi, quatro queijos… O molho que escolhemos foi molho parisiense, fiz uma variação com lombinho defumado, champignon e ervilhas.

Ai vai a receita da panqueca especial para fazer pappardelle e do molho parisiense da Mari:

PANQUECA p/ PAPPARDELLE
Rende 11 panquecas.

Ingredientes:
2 1/2 xícaras de leite integral
1 ovo caipira
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de sopa de salsinha picada
1 colher de chá de salsa desidratada
Sal a gosto

Preparo:
1. Colocar os ingrediente na ordem acima no liquidificador e bater bem.
2. Untar uma frigideria ou panquequeira com manteiga, retirar o excesso com papel toalha.
3. Colocar uma concha não muito cheia de massa na frigideira, inclinando para espalhar uniformemente a massa. Quando a massa estiver cozida, vire com uma espátula ou com aquela famosa acrobacia e reserve.
4. Após fazer todas as panquecas é hora de transformar elas em pappardelle. Uma a uma dobrar a panqueca no meio e cortar (com tesoura é mais fácil) fatias de 2 cm de largura, se grudar um pouco quando cortar é só abrir as fatias com os dedos.

MOLHO PARISIENSE DA MARI

Ingredientes:
3 xícaras de leite integral
3 colheres de sopa de manteiga sem sal
3 colheres de sopa de farinha de trigo
1 cebola ralada
1/2 xícara de requeijão
50g de queijo parmesão ralado
300g de lombo defumado cortado em cubinhos
1 xícara de ervilhas (prefira as congeladas)
200g de champignon fatiados
sal e noz moscada a gosto

Preparo:
1. Numa panela, coloque a manteiga e refogue a cebola até que murche.
2. Junte a farinha de trigo e mexa bem. A farinha de trigo vai empelotar num primeiro momento. Mexa bem e refogue por alguns instantes para tirar o sabor de crua.
3. Tire a panela do fogo e junte um pouquinho de leite. Misture, para dissover os grumos, acrescente mais leite.
4. Retorne ao fogo e mexa, adicionando leite para que engrosse.
5. Dê um toquinho leve de noz moscada, coloque o queijo ralado, o requeijão. Deixe ferver, mexendo sempre, até que tome a consistência desejada.
6. Acrescente o lombinho, o champignon e as ervilhas.

Agora com a massa e o molho prontos é só misturar e servir. Se preparar com antecedência, deixe massa e molho separados até o momento de aquecer para servir.

A janta foi regada a espumante e boas conversas:

A receita da sobremesa por enquanto é top-secret ;)

Muitas realizações para o belo casal S2 =*

Café Colonial para o Níver do Pai!

No último dia 6 foi aniversário do meu pai, comemoramos com um café colonial! Eu e a mãe bolamos o cardápio e fizemos os quitutes para um café com 13 queridos convidados aqui no meu ap. O único pedido do pai foi que o bolo fosse um tradicional de aniversário: “tipo branco”. Escolhi a torta mineira, que vai abacaxi e coco, com massa de pão-de-ló branco.

O café foi completo, desde pão caseiro salgado e doce, croissants, bolo de aniversário branco e tudo que se tem direito! Vejam a galeria de gostosuras:

Reunir família e amigos ao redor de uma mesa farta para compartilhar alegrias e gostosuras é um daqueles momentos em que penso no que realmente é importante em minha vida.

Parabéns para meu papai, obrigada pela presença todos e voltem sempre! A casa estará sempre aberta para receber amigos e oferecer quitutes feitos com muito carinho.

Bjo da Mari

 

Cheese Cake – Consegui!

Sábado passado fiz um o curso de “Montagem e decoração de tortas” no Centro Culinário Silvia Nicolau, e a receita que eu mais gostei foi a do Cheese Cake. A combinação de doce e salgado, queijo e geléia de frutas são uma tentação para mim!

Há tempos queria fazer esta torta, mas aquelas receitas com mil gramas de cream cheese (caríssimo) com gelatina sem sabor não atraiam muito… No curso a receita ensinada leva ricota e requeijão, achei muito interessante!! Fizemos a degustação no final do curso e adorei o sabor, suave e muito saboroso.

Cheese Cake com Geléia de Framboesa

CHEESE CAKE
Massa crocante, creme de queijos e geléia de frutas vermelhas

MASSA:

  • 200g de biscoito maizena
  • 50g de semente oleaginosa (opções: amêndoa, castanha-pará, catanha-de-cajú ou nozes) > usei castanha-do-pará
  • Manteiga (ou margarina) sem sal em temperatura ambiente > o quanto baste [usei um tablete de 200g de manteiga + 2 colheres de sopa de margarina]

Preparo:
1. Bata os biscoitos e a semente no liquidificador ou processador até formar uma farinha.
2. Transfira para uma tigela e adicione manteiga suficiente para obter uma massa maleável.
3. Forre uma forma (20cm) com papel alumínio e espalhe a massa no fundo (só no fundo, não nas laterais).
4. Reserve (enquanto prepara o recheio)
CREME DE QUEIJO:

  • 300g de ricota sem sal
  • 100g de requeijão
  • 1 lata de leite condensado
  • 4 gemas
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 4 claras em neve
  • Raspas de um limão ou laranja

Preparo:
1. Bata no liquidificador o requeijão, o leite condensado, as gemas, a ricota e o açúcar.
2. Transfira para uma tigela e junte as raspas de limão ou laranja e as claras em neve.

> Aplicar o recheio sobre a massa e leve ao forno médio, pré-aquecido até dourar.

COBERTURA:

  • 1 vidro de geléia de frutas vermelhas

> Cobrir com a geléia de frutas e colocar para gelar antes de servir.

Fonte: Centro Culinário Silvia Nicolau

Bolo de fubá para o Santo festeiro: São João!

Dia de São João, festas juninas, doces a base de milho, quentão, pinhão, pé-de-moleque… que coisa boa, né?! Isso tudo pode ser degustado em uma festinha ou no sofá mesmo vendo um filminho :)

Bolo de fubá combina com festa junina, então aqui vai uma versão de festa para esta tradicional delícia.

Cup Cake de Fubá com Goiabada

Receita já postada aqui: ver receita

Vai precisar:
– Uma forma de cup cakes ou pão de queijo
– Forminhas para cup cakes
(ambos você pode encontar em lojas de produtos para festas e confeitaria tem forminhas colorias e tudo! Aqui em Floripa tem na Loja Toque Final)

Cortar a goiabada em fatias, nem tão finas nem tão grossas.

Encher metade das forminhas com a massa, para ter espaço para o bolinho crescer.

Na forma de cup cakes assa mais rápido, fique ligado!

Cup Cakes prontos para assar

 

Em alguns a goiabada se esconde em outros não, vai depender do tamanho da fatia :)

Aquele close tradicional.... humm

São João… São João… Ascende a fogueira do meu coração :)