Bem-amigos para evento beneficente

Ontem entreguei uma encomenda de 100 bem-amigos (mesma receita de bem-casados) para um evento beneficente.

Pude comprovar aquela máxima que diz que é na repetição que podemos chegar na perfeição :) Não que tenha chegado lá, mas a experiência de fazer vários produtos em série ajudou a aperfeiçoar técnicas e até gerou novas ideias para o processo de produção.

Seguem as fotos das etapas de produção, todas feitas com muito carinho :)

O evento é hoje! Um almoço com carreteiro! Vou lá contribuir com duas cestas-básicas e curtir o almoço!

Encomendas pelo email: marianadasilva@gmail.com ;)

Um doce domingo para todos!

Anúncios

Sugestão de Cardápio para Ceita de Natal

Há 4 anos os Natais da família tem sido aqui em casa!

Adoro a preparação da ceia, desde a escolha do cardápio, até as compras no supermercado, as preparações de véspera, a separação das louças… Gosto mesmo do pré-evento, e tento planejar bem para que tudo ocorra com tranquilidade. Afinal é um dia de celebração e não de trabalho ;)

Vou compartilhar o cardápio da primeira ceia que fizemos aqui em casa.

Nesta ceia de 2007 os acompanhamentos foram os tradicionais, como arroz a grega e farofa com frutas secas. Nos pratos principais, a tradicional ave assada dividiu as atenções com um salmão, também assado. Ficou muito leve e saboroso!

CEIA:
Arroz a grega
Farofa festiva (receita abaixo)
Salpicão vegetariano
Salada de folhas verdes
Salmão assado com brócolis
Ave assada

BEBIDAS:
Ponche de frutas
Espumante
Água com gás

SOBREMESA:
Panetone recheado com sorvete
____________________

Farofa Festiva


 

 

 

Continuar lendo

Café Colonial para o Níver do Pai!

No último dia 6 foi aniversário do meu pai, comemoramos com um café colonial! Eu e a mãe bolamos o cardápio e fizemos os quitutes para um café com 13 queridos convidados aqui no meu ap. O único pedido do pai foi que o bolo fosse um tradicional de aniversário: “tipo branco”. Escolhi a torta mineira, que vai abacaxi e coco, com massa de pão-de-ló branco.

O café foi completo, desde pão caseiro salgado e doce, croissants, bolo de aniversário branco e tudo que se tem direito! Vejam a galeria de gostosuras:

Reunir família e amigos ao redor de uma mesa farta para compartilhar alegrias e gostosuras é um daqueles momentos em que penso no que realmente é importante em minha vida.

Parabéns para meu papai, obrigada pela presença todos e voltem sempre! A casa estará sempre aberta para receber amigos e oferecer quitutes feitos com muito carinho.

Bjo da Mari

 

Bolo Verde da Vó Nanci

Recita nova que deu certo de primeira!!!

De tanto ouvir a Paula Cartoon falar no delicioso bolo verde que sua Vó fazia tive que pedir a receita para testar, afinal um bolo verde não se encontra em qualquer livro de receita ;)

Testei a receita no último domingo, para o café do Dia dos Pais. Sei que não é muito certo testar receita em eventos festivos, mas não aguentei! E deu muito certo, foi um sucesso!!! Ficou super fofinho e com a massinha molhadinha. Doze pessoas comeram e ficaram muito satisfeitas! Ai vai a receitinha mágica do bolo verde:

Bolo Verde da Vó Nanci

Ingredientes:
1 pacote de mistura para bolo de laranja (pronto)
4 ovos
1 pacote de gelatina sabor limão
1 copo de iogurte natural
1 copo de óleo
1 colher de sopa de fermento químico

Pré-aquecer o forno a 180°.

Preparo com liquidificador: colocar tudo no liquidificador e bater bem.

Preparo com batedeira (foi o que fiz):
1. Bater bem os ovos até espumar;
2. Acrescentar aos poucos o óleo (sem parar de bater);
3. Acrescentar aos poucos a mistura de bolo de laranja, o iogurte e a gelatina;
4. Por último o fermento.

Usei um tabuleiro 22x33cm.

Assar em forno médio por uns 30 min. Para não ter dúvida que está assado é só fazer o teste do palito, espetar o palito na massa e se sair seco está pronto, se ficar molhado com massa precisa assar mais.

Cobertura (MARAVILHOSA!)
1 lata de leite condensado
suco de 03 limões
Misturar até endurecer e colocar por cima do bolo.

Coloquei raspinhas de limão para dar um charme ;)

Agradecimento especial para Vó Nanci que compartilhou a receita :)

Conhece Mari’sfiha? Receita de Esfira do Habib’s feita pela Mari :)

O que uma faxina em revistas antigas pode revelar?! Que tal a receita de esfiha do Habib’s?! É mole ou quer mais!?

Minha mãe achou esta receita numa revista “Manequim: Faça e Venda” de um mês de outubro longínquo. Como eu não resisto a uma novidade e sempre quis saber o segredo da massa da esfiha do Habib’s fui testar a receita para o café do dia das mães. Abaixo o registro do processo :)

Fiz 1/3 da receita pois usar 2,5kg de farinha de trigo é demais para uma experiência :) Usei o multi-processador para misturar a massa, como a capacidade dele é para 500gr de massa, fiz a massa em duas partes. Dá para usar também batedeira, caso ela tenha pá para massa pesada. Ai vai a receita:

Esfiha do Habib’s

Recheio:
Preparar o recheio de sua preferência (carne moída, frango, espinafre c/ queijo…). Para essa quantidade fiz 1 kg de peito de frango, desfiadinho e refogado com cebola.

Massa:
830gr de farinha de trigo
10 gr de fermento biológico instantâneo (1 pacotinho)
83g de açúcar
83g de óleo
330 ml de água
2 pitadas de sal

farinha de milho médio (reservar)

Modo de Preparo

1. No multi-processador colocar a farinha de trigo, o fermento e o açúcar. Deixar descansar por 5 min.

2. Adicionar o óleo, água (aos poucos) e por último, o sal. Deixar bater até a massa ficar homogênea.

3. Sovar a massa sobre a mesa por alguns minutos.

4. Agora é preciso dividir a massa: dividir a massa ao meio, fazer um rolo (deslizando a tira de massa sobre a mesa), corte em pedaços tendo como medida 3 dedos.

5. Pegue cada pedaço e modele bolinhas.

6. O PULO-DO-GATO: peneire a farinha de milho numa forma grande ou na mesa e vá colocando as bolinhas aí. A farinha de milho não vai deixar que as bolinhas grudem e dará um sabor todo especial.

7. Usando as mãos achatar as bolinhas para dar forma às esfiras, modelando as bordinhas mais altas. Deixar a massa descansar por 20 min. (Pré-aquecer o forno a 180 graus)

8. Coloque o recheio de sua preferência, eu fiz de frango, pode ser um refogado de carne moída, bem simples. Lembre de deixar a bordinha de massa sem recheio, para ficar bem bunitinho.

9. Colocar as esfihas numa assadeira untada e assar até que fique com as bordinhas douradas.

Dicas gerais:

– A massa é bem consistente, se notar que está mole colocar mais um pouco de farinha de trigo.

– Em dias frios, enquanto estiver manipulando a massa para fazer os discos, deixe um pano úmido sobre a massa não utilizada.

Geeeente, a massa fica docinha contrastando o com recheio, a farinha de milho dá um super charme… enfim, deu super certo! Agora quero fazer com recheio de espinafre e queijo.

Bjinhos!

Então é Natal!!!

Adoro esta época do ano! Natal, Ano Novo, Férias!!

Mas hoje é Natal! Deixamos um grande abraço e votos de muitas receitas gostosas!!

Ontem teve a ceia, e foi a terceira vez que o evento é feito aqui em casa. Arrumei a casa desde cedo, separei as louças, fiz até uns arranjos de velas para a mesa. Além de claro preparar alguns quitutes, a melhor parte!

Este ano a ceia foi diferente, fizemos alguns petiscos (ou divertimentos de boca como dizem os portugueses) e doces bem gostosos. Tudo servido junto, cada um comeu o que tinha vontade… na hora que achou melhor… deu um clima mais relax e gostoso.

Todos contribuíram com suas habilidades gastronômicas:
– Chocotone recheado com chocolate e doce de leite e sanduíches de mortadela e peito de peru defumado (Nóis)
– Docinhos de nozes e cereja, Barquetes de camarão e Panetone Inglês (Mami e Papi)
– Pudim de uva, Bolo de Coco e Maionese especial para os canudinhos (Ju)
– Rocambole de lombo suíno e sobre-coxas de frango (Sogrinhos)

Para beber fizemos um ponche de frutas, espumante e refrigerante para ficar mais suave.

Nossa ceia diferente

Mas tão gostosa!!

Mami fez docinhos de nozes e cereja

Pudim de Uva da Ju, com calda de uvas passas. O panetone inglês do pai e as barquetes da mami aparecem meio tímidos.

Chocotone recheado com chocolate e doce de leite.... Nóis que fez! Essa cobertura de açúcar durinho foi a mami. O bolo da Ju aparece espiandinho alí no lado.

Sanduíches de mortadela e de peru defumado... com molhos especiais de tártaro e tomate seco... Fizemos esses tb :) Na cestinha de fundo pão de mel e bolachas de Natal da prima Bi.

Família, foi um prazer receber vocês :)

Ó nóis ai! O Augusto comendo barquete...

Um ótimo fim de ano e que 2010 venha com muito tempero e sabores diferentes :)

Bjinhus!

Ah, depois passo algumas receitas da ceia ;)