Passa o Gersal?

Aqui vai uma dica para salgar a comida de forma mais saudável e gostosa: é o gersal!

Conheci o gersal através da macrobiótica, que diz que este tempero é um santo remédio.

Também é chamado de Sal de Sésamo ou Gomásio, uma palavra japonesa – goma (sésamo = gergelim) + sio (sal).

A receita é simples:

9 colheres de gergelim (pode comprar o torrado ou não)
1/2 colher de sal marinho

Tostar o gergelim em uma frigideira de fundo grosso em fogo médio. Caso o gergelim já seja torrado, deixar menos tempo no fogo. Quando o gergelim começar a pular na frigideira, apagar o fogo e retirar o gergelim da panela para esfriar.

Desidratar o sal (ou seja, colocar o sal na frigideira quente).

Bater o gergelim já frio com o sal também frio no liquidificador, até que grande parte dele fique moído.

Guardar em um pote bem fechado e usar como substituto do sal.

Entre os benefícios do gersal estão:

– ajuda a digestão (facilita a secreção dos sucos gástricos e regula o intestino, atuando como um laxante suave);
– neutraliza a acidez do sangue;
– fortalece os sistemas nervoso e imunológico, ajudando na prevenção de doenças;
– aconselhável para dores estomacais e intestinais e menstruação irregular;
– favorece a produção de leite;
– alivia o cansaço;
– permite uma boa circulação sanguínea;
– constitui um excelente suplemento proteico: possui cerca de 15 aminoácidos.

Fonte:
Receita – Livro Vegetarianismo: sustentando a vida de Maria Laura Garcia Packer [2007]
Benefícios – Site: http://www.centrovegetariano.org