Domingo é dia de fazer Cuca!

Quem não gosta de um cafezinho com aquela cuca de farofa crocante na tarde de um domingo chuvoso?!

A mãe me passou uma receita de cuca bem prática, nem precisa de batedeira e num minutinho está pronta para ir ao forno!

Cuca Fácil de Banana com Farofa Crocante

1) Pré-aquecer o forno a 200 graus e untar um tabuleiro pequeno (20x30cm).

2) Farofa Crocante:
1 xícara de açúcar
1 1/2 xícara de farinha de trigo
2 colheres de sopa de margarina ou manteiga
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de chá de essência de baunilha ou açúcar de baunilha
Canela em pó a gosto
> Outras sugestões: acrescentar 1/2 xícara de aveia ou granola, coco ralado, pedaços de goiabada, castanhas…

Misturar todos os ingredientes secos primeiro e depois acrescentar a margarina e o óleo misturando com as pontas dos dedos ou um garfo. Deixar bolinhas de manteiga não muito amassadas, isto vai tornar mais crocante. Reservar a farofa.

3) Massa Fofinha
1 ovo
1 colher de sopa de margarina ou manteiga
1 colher de sopa de óleo
1 xícara de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo (peneirado)
1/2 xícara de leite
1 colher de sopa de fermento químico (já misturar no trigo)
1 pitada de sal

– Misturar o ovo com o óleo e a margarina, até formar um creminho.
– Acrescentar o açúcar.
– Aos poucos agregar o trigo peneirado já com o fermento e o leite.
– Por último o sal.
– Colocar a massa no tabuleiro.

4) Sabor da Cuca
Eu fiz de banana, cortada em fatias não muito finas nem muito grossas. A banana caturra fica bem saborosa e macia, já a banana branca ou prata fica mais sequinha. Caso não goste ou não tenha banana, pode fazer com outra fruta ou até pular esta parte e colocar direto a farofa.

5) Cobrir com a farofa reservada e assar por mais ou menos 25 min ou até a farofa dourar e o bolo estiver assado. Na dúvida é só fazer o teste do palitinho, enfiar um palito bem no meio da cuca, se viver sequinho está pronta!

Agora é só fazer um cafezinho e aproveitar. Eu adoro comer ainda quente!!!

Receita "rápida e rasteira", em poucos minutos você prepara essa delícia para o café!

Receita para um tabuleiro de 30x20cm. A banana pode ser substituída por fatias de maça, frutas cristalizadas, uvas passas, goiabada, castanhas... Invente sua combinação :)

A farofa ganha um sabor especial com aveia e coco radado.

Não amassar muito a farofa, para criar estas bolinhas de margarina que ficarão super crocantes!

Após assada... massa fofinha, banana molinha e doce, farofa crocante... e um aroma de final de domingo.

A hora do "sacrifício" :) nhack!

 

Até a próxima!!!

Doce abraço da Mari!

 

Café Colonial para o Níver do Pai!

No último dia 6 foi aniversário do meu pai, comemoramos com um café colonial! Eu e a mãe bolamos o cardápio e fizemos os quitutes para um café com 13 queridos convidados aqui no meu ap. O único pedido do pai foi que o bolo fosse um tradicional de aniversário: “tipo branco”. Escolhi a torta mineira, que vai abacaxi e coco, com massa de pão-de-ló branco.

O café foi completo, desde pão caseiro salgado e doce, croissants, bolo de aniversário branco e tudo que se tem direito! Vejam a galeria de gostosuras:

Reunir família e amigos ao redor de uma mesa farta para compartilhar alegrias e gostosuras é um daqueles momentos em que penso no que realmente é importante em minha vida.

Parabéns para meu papai, obrigada pela presença todos e voltem sempre! A casa estará sempre aberta para receber amigos e oferecer quitutes feitos com muito carinho.

Bjo da Mari

 

Processador é bom para o moral!

Na última sexta-feira chegou o processador de alimentos que comprei!!

Tive dúvidas sobre a qualidade pois comprei direto pela net, só tinha visto pela TV, mas hoje depois de fazer o teste de uso estou amaaaando essa engenhoca!

Como o aparelho tem vários recursos, pica, fatia, mistura massa, etc etc… pensei em fazer uma receita que utilizasse bem os recursos e que nunca tivesse sido feita por mim.

Peguei a receita clássica de empadão de frango da Mami, que sempre faz sucesso nos encontros familiares. Como é receita de mão nunca tinha me medito a fazer, mas com o super processador me aventurei!

E o resultado foi melhor que o esperado:

Criador e Criatura

Ali atrás do empadão aparece timidamente a base do processador :) meu mais novo amigo de infância!

Então vamos a receita:

Como recheio é de frango, já pode começar colocando o frango para cozinha. Sugiro 500 g de peito de frango para o preparo.

Massa:

3 xícaras de farinha de trigo
2 tabletes de margarina para culinária (200 g)
1 gema
1 colher de sopa de fermento

> bater estes ingredientes no processador até formar uma farofa.

> acrescentar meia xícara de leite (aos poucos) até a massa formar uma bola.

> deixar a massa descansar na geladeira enquanto prepara o recheio.

Recheio:

500 g de peito de frango (sem pele)
1 cebola picadinha (ah o processador nessa hora é tudo!)
4 colheres de molho de tomate pronto
1 cenoura em fatias (quem fatiou foi o processador!!!)
3 colheres de sopa de azeitonas picadas
de temperinhos: cebolinha, 1 tablete de caldo de galinha, 1 pitada de coloral (para dar cor) e pimenta do reino moída ;)

Com o frango já cozido, é fazer o refogado: dar uma fritadinha da cebola em azeite de oliva, colocar o coloral para dissolver no azeite, agregar o frango picado (procesador!!!) ou desfiado, as cenouras em fatias. Pode colocar um pouco de água para cozinhas as cenouras. Colocar os temperinhos e para ficar mais cremoso e consistente pode colocar uma colher de sopa de farinha de trigo.

O recheio precisa esfriar, pode colocar em uma assadeira maior para ter mais contato com o ar e resfriar mais rápido.

Montagem:

Com o recheio pronto é hora de voltar para a massa que já descansou na geladeira. Didiva a massa em duas partes iguais, uma forrar o fundo e laterais e outra para a cobertura. Uma dica é esticar a massa entre dois plásticos, pode ir forrando o fundo assadeira como um mosaico (em pedaços de massa menores) ou abrir a metade da massa e colocar inteira no fundo… acho desta última maneira mais fácil.

A espessura da massa pode ficar perto 0,5 cm, como tem fermento a massa irá crescer.

Após montar o fundo e as laterais do empadão, pincelar estas partes com a clara que sobrou do preparo da massa. É uma espécie de impermeabilização, para manter a massa crocante mesmo com o recheio com molho. Agora é colocar o recheio e cobrir com o restante da massa.

Nas bordas pode fazer um acabamento com garfo, e a massa que sobrar pode se transformar em decoração, modelando flores, arabescos, e até escrever alguma mensagem :)

Pincelar a torta com uma gema.

> Forno pré-aquecido 200ºC até ficar bem dourada a massa.

E depois da alquimia dos ingredientes e forno acontece isso:

Mandala Alimentar :)

Hora da verdade!

Uma ótima semana!